3 de setembro de 2012

clássica do tio Ken


As harmoniosas linhas da Tyrrell 009 que chegou em terceiro lugar no GP da Bélgica em 1979. O piloto era Didier Pironi.

Mini da Spark na escala 1:43.

6 comentários:

frederico disse...

Tem de papel também!!
Veja link's:
http://www.papirove-modely.cz/galerie/index.php?showimage=171770

http://www.papirove-modely.cz/galerie/index.php?showimage=169300

site do autor:
http://f1papercard.sweb.cz/

abrçs

Juanh disse...

Bellísimo.
Otro que me gustaría tener.
Abrazos!

Ron Groo disse...

Bonita...
É anterior ou posterior ao seis rodas?

Julio Cesar disse...

Olá Tohn,
ja respondendo ao Ron, ... é posterior. É asa, que foi uma geração após o 6 rodas. Na ordem:
002/71
003/71-72
004/72-73-74
005/74
006/75
P34/76-77
008/78
009/79

Vale lembrar a 'lenda' que pauta o 009 em que reza que Ken teria tido acesso aos projetos do lotus 78/79 por intermédio de uma fabrica de kits, que mantinha contrato com a lotus e com a tyrrell. O 009...'é um lotus azul' (como ficou conhecido)... pelo 'DNA'.
Entre outros eventos 'memoráveis' desse carro foi a largada de Monaco em que ao final da 'reta' Derek Dayle simplesmente enrosca rodas e sai quicando com os pneus dos adversários e por sobre esses.
Outra curiosidade...esses carros receberiam um patrocinador inusitado para corrida de automoveis: maquina de lavar roupas Candy.
abraço.
Fred, valeu pelo link. Mais uma para minha coleção.
abraço

Tohmé disse...

Isso aí, JC, A Candy já patrocinava GPs e colocou seu nome lá na Tyrrel , que ficou linda. O GP que mencionou foi Mônaco. E a história da TAMYIA é verdadeira...he, he

augusto barreto disse...

gostaria de receber matetial atualizado no e-mail augusto.logistica@hotmail.com