30 de setembro de 2010

O início de Lauda?


A CP model faz, na escala 1:43, essa MARCH 721 que N.Lauda correu Argentina em 1972. Seria seu carro de estréia? Aliás, não me lembrava do lauda nessa MArch.


Como sempre, o kit é feito em resina e metal branco.

5 comentários:

Francisco J.Pellegrino disse...

Thomé, como história vale muito...mas eita carro feio.

Ron Groo disse...

Estranho né... Parece ter uma tábua de passar roupa na frente.

José António disse...

Sendo eu fã do Lauda, e consultado alguns sites, atrevo-me a dizer que essa miniatura do March deve ser do 2º GP do Lauda na F1. A sua estreia aconteceu no GP da Áustria em 1971 e essa miniatura eu tenho na minha colecção (apesar de conter um erro):
http://4rodinhas.blogspot.com/2006/11/march-711-niki-lauda-1971.html

Grande abraço
José

F250GTO disse...

Esse March apesar de histórico, faz parte da lista dos 10 carros mais feios da F-1.
Realmente é estranhissima essa tabua de passar roupas na frente do carro.
Mas era o início das soluções aerodinamicas mirabolantes, tentando fazer as baratas ficarem no chão.
Romeu

Julio Cesar disse...

Olá Thom...
estive uns dias afastado da rede...
então... eu acho esse march fantástico... inclusive pela inusitada aerodinamica. em verdade, o march 'autentico'*(acaixo falo disso) era quase todo carenado, tipo charuto, similar ao FD-01.
Sim, Lauda estreou em 1971 e a 'alfa brazilian miniatures' TEM esse modelo em escala 1:20 (e igualmente o carro do peterson na mesma corrida)

Além da prancha, o march tinha a seção do monocoque atípica para a tendencia da época, não o bastante, utilizou dois tipos de motores diferentes (inclusive como fabricante) na temporada de 1971 e isso na equipe oficial, foram:
-Ford Cosworth V8 DFV
-Alfa Romeo V8 (o mesmo das Alfas de sport protótipos que mais tarde viria a ser a T33).
O setup desse carro em Monza em 1971 é quase assustador, pois não utilizou asa dianteira, o 'skate', e na traseira digamos que foram 'meros flaps ou ailerons' (uma finissima e estreita lamina no lugar do aerofolio).
Vale lembrar que Peterson, Cevert (e tambem Haiwood) perderam por pouco essa vitoria, em que Gethin com o BRM enfiou-se pelo 'buraco' deixado por Peterson e Cevert (que esparramou na parabolica), como relatou o próprio Gethin.
Alias... a alfa, a terminar o BRM terá a linha de chegada com esses tres primeiros... Gethin, Peterson e Cevert.

Bizarro mesmo foi a suspensação traseira do march de 72, o 721X com amortecedores montados sobre o cambio e um sistema de links no triangulo superior de deixar mecanico e piloto doido na hora do acerto, além de um enrroscado sistema de escape.

abraço
Julio
*quando digo 'autentico' é que acho que a pureza do modelo está no trabalho que o engenheiro apresenta a imprensa...que é quase o primeiro esboço. Aí está a essencia do projeto...depois, na pista...surgem as tentativas e erros...e muita coisa vai se transformando. Há inumeros exemplos disso.
Assim, aprecio os carros quando esses são apresentados.
obs.:hoje, acho que anteciparia isso para o esboço mesmo, visto que o trabalho em tunel de vento já por sí leva para a imprensa e pista um carro já 'corrigido'.